MercadoNotícias

Luiz Henrique no Palmeiras: chapéu histórico em Flamengo e Fluminense?

O atacante Luiz Henrique vem movimentando o noticiário do mercado da bola nos últimos dias. Revelado pelo Fluminense, o atual jogador do Real Betis, da Espanha, está na mira do Tricolor e do Flamengo. Diante do interesse das equipes cariocas e a possibilidade de retorno do atleta ao Brasil, parte da torcida que canta e vibra pediu sua contratação.

“Esse daqui no Palmeiras seria MARAVILHOSO… tomara que tente. Joga muito!”, disse um palestrino através das redes sociais. “Joga muito, mas não vem”, declarou outro internauta verde e branco, também se mostrando favorável a chegada do ponta.

O Alviverde, no entanto, não está na disputa por Luiz. As informações mais recentes dão conta que além dos rivais cariocas há outros interessados na contratação do jovem jogador de 22 anos de idade. A ideia da dupla seria um empréstimo junto a equipe espanhola, que, por sua vez, prefere uma venda definitiva.

Caso o Betis siga irredutível quanto a posição de vendê-lo, será difícil chegar a um acordo. Isso porque a multa rescisória do atleta é de R$ 554 milhões. O time da Andaluzia não deve aceitar menos do que os 13 milhões de euros (R$ 71,5 milhões, na cotação da época) pagos para contratá-lo em 2022.

Luiz Henrique é banco no Real Betis

Hoje, o brasileiro é suplente na equipe treinada pelo chileno Manuel Pellegrini. Os jogadores que têm atuado nas pontas são Ayoze Pérez e Assane Diao. Na atual temporada, Luiz tem entrado no decorrer dos jogos e nos lugares de um dos dois atacantes. Desde o ano passado por lá, soma 60 partidas, quatro gols e nove assistências.

Vitor Gonçalves

Paulista, jornalista em formação. Apaixonado por futebol e por palavras, faço o que mais gosto (falar sobre o esporte bretão) por meio do que considero ser meu ofício (a atividade jornalística). Ambos, jogo e jornalismo, vão além de suas aparências (pessoas correndo atrás de uma bola e noticiando fatos) e, na verdade, são reflexos do social – eu sou um produto dessas duas coisas e de outras tantas que também as compõem.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo